kar(ma)toon

Bom Karma... ou não!

quarta-feira, setembro 23, 2009

BLAH, BLAH, BLARGH!


Ontem, enquanto conduzia para casa, e depois de muito zapping radiofónico, decidi parar um bocadinho numa estação que transmitia aquela merda que os gajos da IURD dizem. E ainda bem que o fiz. O «bispo» falava das pessoas que acusam a igreja de enriquecer à custa das ofertas de dinheiro, o dízimo que os seus seguidores pagam todas as semanas. O pastor obviamente repudiava essas acusações e estava tão seguro de que isso era errado que decidiu lançar um desafio à comunidade IURDESCA. Segundo ele, todos os que estivessem na dúvida entre dar ou não dar esse tal dízimo, deviam experimentar não o fazer durante um certo período de tempo. Não dar dinheiro à IURD, mas por sua conta e risco, porque a seguir eles iam sentir as consequências do seu acto. Foi mais longe e disse mesmo que "iam sentir na sua carne e pele" as consequências de não dar dinheiro à igreja. Isto é uma ameaça ou eu estou enganado e ando a ver muitos filmes de mafiosos?

Hoje de manhã, no programa de Rita Ferro Rodrigues e do inútil do Francisco Menezes, entrevistava-se uma senhora que já não sabia do filho há 4 anos. Ou seja, o homem tinha sido preso em Inglaterra e desde então nunca mais tinham tido notícias do desgraçado. A senhora estava obviamente comovida, mas não naquele pranto que seria até de esperar. Insatisfeita com o rumo pouco trágico da conversa, a directora de conteúdos da SIC, a Ferro, decidiu apelar a tácticas mais reles e disse o seguinte à velha senhora: "sabe que há fortes probabilidades do seu filho a estar a ver neste momento na televisão? Não quer falar directamente para ele? Aqui para esta câmara, se faz favor". E resultou. A senhora que até aí se tinha controlado minimamente, não resisitu à emoção e foi o descalabro. A não ser que a senhora dona Rita Ferro saiba onde está o filho desaparecido da senhora, não sei como pode prever que existem fortes probabilidades de ele estar a ver aquele programa àquela hora e logo com a sua mãe como uma das convidadas. Mas que é assim que se conseguem audiências, ai disso não tenho dúvidas.

4 Comments:

  • At 14:10, Anonymous Anónimo said…

    tanto estava a ver...que respondeu ao apelo. verá o desfecho em breve .

     
  • At 20:12, Blogger karmatoon said…

    Não entendi...

     
  • At 02:00, Blogger bazulinha said…

    Isto éalguém a dizer-te que o filho da tal senhora estava a ver e contactou lá o programa e vai aparecer e abraçam-se e choram e os anúncios ficam mais caros!

     
  • At 10:29, Blogger karmatoon said…

    Eu percebi isso, só não percebi quem é esta entidade anónima e porque se deu ao trabalho de comunicar.
    Para além disso, entidade anónima, continua a ser exploração reles com o único objectivo de conquistar audiências. Ponto.

     

Enviar um comentário

<< Home