kar(ma)toon

Bom Karma... ou não!

terça-feira, janeiro 17, 2006

Ode ao Pesto

Com Pesto o mundo é de facto um lugar maravilhoso.
O Pesto pode ser usado como desodorizante para os sovacos.
O Pesto é a única comida que se pode usar orgulhosamente nos dentes depois da refeição e durante todo o dia.
Aliás, ninguém tem vontade de lavar os dentes depois de ter comido Pesto.
Quando cozinhamos Pesto, a nossa pele, a nossa roupa tresandam perigosa e tentadoramente a todos os ingridientes que o compõem.
Desse modo, e quando passeamos pelas ruas cinzentas das nossas cidades, deixamos um rasto de luz e alegria, e somos seguidos por crianças que nos vêem trazer flores; por mulheres que querem o nosso corpo - um súbito desejo que não conseguem explicar; pelos animais, selvagens e domésticos, que querem viver em harmonia connosco.
O nosso mundo, através do Pesto, é uma capa da revista "Sentinela", em que tudo é harmonia, perfeição, paz e amor.
No mundo do Pesto, o leão e a ovelha convivem como amigos; não há ódio nem preconceito.
No mundo do Pesto tudo faz sentido, tudo bate certo
Viva o Pesto!
Pesto über alles!!





Ingredientes
1 maço de manjericão gigante

1 dente de alho
1 punhado de pignoli
queijo pecorino sardo, o quanto baste
queijo parmesão, o quanto baste
sal grosso a gosto
azeite, o quanto baste

Preparo:
A maneira tradicional (sem liquidificador) de prepará-lo é a seguinte: coloque no fundo de um pilão o alho e o sal grosso, pile até amassar bem o alho com um pilador (mortaio) de mármore. Acrescente aos poucos as folhas de manjericão lavadas e secas, até obter uma espécie de pasta. Junte o pignoli e o queijo em partes iguais de pecorino e parmesão. Depois do composto bem amalgamado, transfira-o para uma vasilha e finalize com o azeite até ficar na consistência desejada (um molho cremoso).
Rendimento: 4 porções Tempo de preparo: 10 min Execução: muito fácil Custo: moderado





(Obrigado Zé)

3 Comments:

  • At 17:13, Anonymous Anónimo said…

    Obrigada!
    Vem mesmo a calhar.
    Beijo

    ChilangoPower

     
  • At 18:34, Blogger aglidole said…

    "Empestas-me" a receita?

     
  • At 01:38, Anonymous  said…

    Be cool as pesto.
    "It adapts well to many different situations, but is best with things that are simple and natural; it doesn't do a lot on its own but adds a zing to anything it's a part of; there's nothing artificial or processed about it; it's sharp and lively and friendly. And the memory of it sticks with you for a while.”

     

Enviar um comentário

<< Home