kar(ma)toon

Bom Karma... ou não!

terça-feira, janeiro 24, 2006

Gosto tanto das pequenas coisas.
Gosto tanto que lhes chamem «pequenas».
Porque gosto de acreditar que sendo assim, pequenas, mais ninguém vai gostar delas como eu gosto; que mais ninguém vai gostar das minhas pequenas coisas.
Gosto de acreditar que não terei assim de as dividir com mais ninguém.
São minhas, as minhas pequenas coisas.
É ciúme, eu sei.
Um sentimento do qual, acreditem, até há bem pouco tempo desconhecia o sabor.

Não posso sequer imaginar que mais alguém goze o prazer de um vento frio de Inverno. Aquele frio que não respeita casacos, luvas ou agasalhos de qualquer espécie.
Não consigo pensar que possa haver mais alguém no mundo que goste de igual modo dos beijos que a minha avó me dava nas mãos.
Enfureço-me se me convenço que algures existe uma pessoa que, como eu, gosta de conduzir sozinho à noite, sem parar.
Sem querer parar.
Recuso-me a aceitar que alguém possa retirar igual prazer de um abraço forte de um amigo...
Procurem as vossas pequenas coisas.
Estas são minhas, não as divido com mais ninguém...

2 Comments:

  • At 13:21, Blogger os leitões said…

    Amigo. Estive a pensar nesta história das pequenas coisas e cheguei à conclusão que de facto não há nada mais importante. Contudo, as pequenas coisas podem alterar a sua condição de pequenas coisas, dependendo da meteorologia. Todos sabemos que quando está frio, as pequenas coisas tornam-se ainda mais pequenas, quase imperceptíveis e quando está calor e a pele roça na pele, elas podem transformar-se nos maiores feitos a que a humanidade já assistiu e aos quais apelidou de: Paus feitos!

    Era a isto que te referias não era?

    Ruivo

     
  • At 13:29, Blogger karmatoon said…

    Lindo!

     

Enviar um comentário

<< Home